'soon this space will be too small and I'll laugh so hard that the walls cave in then I'll die three times and be born again in a little box with a golden key and a flying fish will set me free ... soon this space will be too small and I'll go outside and I'll go outside'... lhasa de sela

[sms matinais ou da distância entre o que eu sou e o que acho que tu mereces]


(ele: casas comigo outra vez?
eu: só se for descalça e com muito verde à volta (ah e troco o arroz e as pétalas por bolas de sabão!) ...mas desta vez largamos tudo e fugimos juntos para nunca mais voltar?
ele: sim!...)


...
e eu não vou atrás de mim?
...

isto fez-me lembrar outra conversa:
(...é o meu refúgio.
precisas de refugiar-te de quê?
de mim, sobretudo de mim!)


1 comentário:

su disse...

Aiiii...esta doeu...pareço eu a pensar e a pedir o mesmo...mas não é o mesmo ao mesmo tempo...